sábado, 7 de abril de 2012

Dia do Jornalista

A imprensa brasileira completa, neste ano de 2012, 204 anos de existência, de dedicação e de trabalho árduo na busca pela informação.

O Dia do Jornalista é comemorado neste dia 7 de abril, em homenagem ao médico e jornalista Líbero Badaró, brasileiro de origem italiana, que morreu assassinado por inimigos políticos, no dia 7 de abril de 1830. O fato ocorreu, em São Paulo, durante uma passeata de estudantes em comemoração aos ideais libertários da Revolução Francesa.

Por experiência, sei que se trata de uma profissão que requer muita dedicação, atenção, imparcialidade e seriedade. Tarefa nada fácil nos dias de hoje, principalmente com o advento da internet que nos obriga a ser cada vez mais precisos e rápidos.

O jornalista deve estar sempre atualizado, atento, repassar a notícia com responsabilidade, pois sem dúvida nenhuma é um formador de opinião e influencia a vida de cada um de nós. Possui um papel social muito importante, pois além de informar com clareza e difundir idéias, promove a reflexão e incita o debate.

Todos os dias somos bombardeados com dezenas de informações por intermédio dos jornais, do rádio, das revistas, da televisão, enfim são tantas novidades que muitas vezes não paramos para pensar no profissional que está por trás daquele texto bem escrito, resumido, substancial e que nos proporcionou não somente uma boa leitura, mas nos transferiu conhecimento.

Os jornalistas são como arquitetos da ortografia, pois empregam a língua portuguesa na dimensão correta para que a escrita seja construída. No entanto, muitas instituições de ensino não estão preocupadas em formar bons profissionais e terminamos por encontrar alguns talentos dispostos a mortificar nossa gramática. A sobrevivência deste tipo de profissional, se assim podemos chamá-lo, é bastante curta e se realmente querem prevalecer terão que reaprender para que servem os acentos, as vírgulas e os parênteses.

Feliz dia do Jornalista a todos os profissionais que mesmo enfrentando a forte concorrência das imagens e dos sons continuam firmes no propósito de resgatar e fortificar nossa comunicação verbal.

Deputado Vitor Paulo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário