quarta-feira, 10 de julho de 2013

Vitor Paulo propõe audiência para discutir espionagem dos EUA a brasileiros

 
Diante das denúncias de que cidadãos brasileiros estariam sendo alvo de espionagem pela Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos, o deputado federal Vitor Paulo (PRB), que também é membro da Comissão de Relações Exteriores da Câmara, propôs a realização de audiência pública para debater o assunto.

Reportagens veiculadas nos meios de comunicação, revelam que, na última década, pessoas residentes ou em trânsito no Brasil, assim como empresas instaladas no país, se tornaram alvos de espionagem da Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos (National Security Agency - NSA). Segundo a publicação, não há números precisos, mas em janeiro passado o Brasil ficou pouco atrás dos Estados Unidos, que teve 2,3 bilhões de telefonemas e mensagens espionados.

O parlamentar destacou que a vigilância indiscriminada desrespeita o direito humano e a privacidade, além de colocar em risco a soberania de todos os países envolvidos. “O governo brasileiro precisa pedir explicações aos Estados Unidos para que revelem mais sobre os critérios usados na vigilância de cidadãos fora dos Estados Unidos”, defende.

“Como membro da Comissão de Relações Exteriores da Câmara, sou favorável a um debate democrático junto aos organismos internacionais para que sejam definidas normas claras de comportamento quanto à privacidade das comunicações e o aperfeiçoamento de regras multilaterais sobre a segurança do setor”, acrescentou.

 
Foto: Maryanna Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário