quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Empossado novo presidente do PRB no DF


Na manhã desta quarta-feira (30), o presidente Nacional do PRB, Marcos Pereira, empossou o novo segundo vice-presidente nacional e o novo presidente regional da sigla no Distrito Federal. Entre as principais autoridades do partido estava o ministro da Pesca e Aquicultura, Marcelo Crivella; o senador Eduardo Lopes (RJ); o líder do PRB na Câmara Federal, deputado George Hilton (MG); o deputado federal Márcio Marinho (BA); o deputado federal Vitor Paulo (RJ); o secretário de Esportes do Distrito Federal, Júlio César; o secretário do Idoso do DF, Ricardo Quirino; o presidente da Fundação Republicana Brasileira, Mauro Silva, o deputado distrital Evandro Garla e a coordenadora do PRB Mulher no DF, Helen Assumpção.

Para comandar a segunda Vice-presidência Nacional do PRB, assumiu o advogado Roberto Wagner Monteiro, que estava no comando da sigla no Distrito Federal. Em seu lugar assumiu o empresário Wanderley Tavares.

O presidente nacional Marcos Pereira anunciou que a mudança é para a inovação e crescimento do partido. “Tenho certeza que o PRB se consolida e cresce mais ainda no Distrito Federal com essa mudança. Nossa meta é eleger um deputado federal e um distrital”, declarou Pereira.

“O PRB ficou engrandecido com a sua presidência (no DF), Roberto Wagner. Agora, assume um jovem com uma visão de futuro extraordinária que nos aproxima a todos. Que você, Wanderley, possa seguir os princípios de ética e dignidade que Roberto Wagner seguiu”, avaliou o ministro Crivella ao lembrar que o PRB é um partido que hoje tem, em números, não muitos parlamentares, “mas na qualidade é o que tem mais, e temos um Ministério, no qual estamos servindo o povo brasileiro”.

Representando a bancada federal do PRB, o líder George Hilton frisou que o momento é importante para o partido e que a escolha do nome de Tavares vai somar com o trabalho já realizado até aqui por Roberto Wagner. "Wanderley é um nome importante e vai agregar, vai trazer com ele um grupo muito consistente. O partido vai ganhar e vai crescer ainda mais", observou o parlamentar.

Em seu discurso, Roberto Wagner agradeceu o convite de Marcos Pereira para assumir a segunda Vice-presidência Nacional do PRB e ressaltou que a ideia é ajudar ainda mais, buscando verbas federais para o DF. “Assumo essa missão com o propósito de pensar grande o PRB a nível nacional e fazer o partido ser grande aqui também no Distrito Federal juntamente com o Wanderley”.

Já empossado o presidente regional da sigla na Capital Federal Wanderley Tavares, disse se sentir lisonjeado com a confiança de Marcos Pereira. “Fiquei muito feliz com o convite. Sei que a responsabilidade é muito grande, mas me comprometo a trabalhar com muita garra e determinação para fazer com que o PRB cresça ainda mais no Distrito Federal”, afirmou.

O evento também recebeu a presença dos senadores, Gim Argello, Lindbergh Farias e Rodrigo Rollemberg; do secretário do Meio Ambiente, Eduardo Brandão; do deputado distrital Benedito Domingos; do deputado federal Ronaldo Fonseca; do presidente estadual do PROS-BA, deputado federal Maurício Trindade; do presidente do PT-DF, deputado federal Policarpo; do presidente de Honra do PSC e presidente da Igreja Assembleia de Deus Campo Madureira, Bispo Manoel Ferreira; do apóstolo Doriel da Casa da Bênção; do secretário do Entorno por Goiás, Gilvan Máximo; do secretário nacional do PRP, Lelé; do presidente do PSC-DF, Egmar Tavares; do presidente do PSB-DF, Marcos Dantas; do presidente do PRP, Dr. Ovasco;


Por Eulla Carvalho - Comunicação Nacional do PRB
Fotos: Douglas Gomes

 

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Projeto garante que idosos recebam atendimento de instituições públicas em casa

O presidente da Frente Parlamentar em Apoio ao Idoso, deputado republicano Vitor Paulo, comemorou a aprovação do projeto de lei que põe fim à exigência de comparecimento de idosos a órgão público quando estiverem doentes, seja para resolver assunto de seu interesse ou para atender demanda do próprio órgão. A proposta foi apreciada na Comissão de Direitos Humanos (CDH) do Senado e seguirá para a sanção da presidente Dilma Rousseff.

O texto (PLC 45/2012) modifica o Estatuto do Idoso para estabelecer que, se a presença do idoso doente for de interesse do poder público, a autoridade deverá providenciar o atendimento via visita domiciliar. Quando se tratar de uma questão de interesse pessoal, o idoso poderá indicar procurador legalmente constituído para representá-lo e resolver o assunto.

Outra novidade trata-se da perícia médica para a expedição do laudo de saúde. Esse procedimento também deverá ser feito na casa do idoso por médicos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), ou por serviços públicos ou privado de saúde - que integrem o Serviço Único de Saúde (SUS) - para garantir-lhes os direitos sociais e isenções tributárias.

Vitor Paulo destaca que a proposta é um grande avanço, pois reafirma o respeito à dignidade da pessoa humana idosa. Na avaliação do parlamentar, essa é uma forma do Poder Público poder assegurar a efetividade da proteção da saúde e bem-estar dos idosos “É mais uma vitória. A luta continua e nesta data todos se rejubilam em função do pequeno passo dado, mas um grande benefício conseguido para os idosos brasileiros, sofridos, mas queridos e que contam com o nosso apoio incondicional”, finalizou.

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Inauguração do Centro Olímpico do Setor “O”



O deputado republicano Vitor Paulo participou no último sábado (19) da inauguração do Centro Olímpico do Setor “O”, o segundo de Ceilândia/DF. A festa de abertura contou com a presença do Secretário de Esporte Júlio César, Governador do Distrito Federal Agnelo Queiroz, de ex-atletas olímpicos, além da comunidade.

O espaço conta com três piscinas, dois ginásios poli esportivos, pista de atletismo, quadras de vôlei de praia e society. São oferecidas 15 modalidades adequadas para cada idade e ensinadas por professores conveniados do GDF. O complexo esportivo atende uma demanda de aproximadamente 4.400 pessoas entre crianças, adultos, idosos e deficientes.

“Uma estrutura como essa contribui para o desenvolvimento das crianças e a diminuição do índice de jovens se envolvendo com drogas. Conseguimos ocupar a mente de todos com atividades sadias”, comemora o Secretário Júlio César.

Vitor Paulo completa: “A implantação desse completo esportivo é uma forma de proporcionar a população mais condições de lazer. Além disso, a prática de atividades físicas, mantém jovens e crianças longe das ruas e das drogas. Não podemos nos esquecer dos idosos, que também realizam aqui aulas de hidroginástica, e isso é muito bom. Essa iniciativa é 10”.

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Vitor Paulo destaca importância dos médicos e professores

 Em discurso proferido nesta sexta-feira (18), o deputado republicano Vitor Paulo homenageou os médicos e os professores de todo o Brasil. “A educação rompe as barreiras e forma todos os profissionais. Inclusive os médicos, esses sacerdotes que dedicam suas vidas para salvar o próximo”, afirmou.

O parlamentar lembrou, no dia do médico, que esses profissionais passam sete anos numa universidade para se formarem e que cumprem uma carga horária muito difícil. Vitor Paulo reclamou pelo preço caro da saúde no Brasil e afirmou que mesmo sendo exemplo para outros países, o Sistema Único de Saúde (SUS) ainda não corresponde à expectativa da população.

“Não podemos jogar o ônus disso para o governo da Presidenta Dilma, para o governo do Presidente Lula, para o governo do Presidente Fernando Henrique. É uma máquina muito grande e a população do Brasil está aumentando. O país tem hoje 200 milhões de habitantes e a contratação de médicos e profissionais de saúde é cara”, explicou.

Vitor Paulo destacou a luta dos profissionais de enfermagem pela redução da carga horária para 30 horas. “É um absurdo ter profissionais de enfermagem trabalhando mais do que isso. Eles têm que trabalhar em dois hospitais e fazer plantão. Em consequência, acabam ocorrendo erros fatais. Precisamos melhorar a qualidade de vida do profissional de saúde. Os médicos e os enfermeiros precisam ser bem remunerados”, avaliou.



Por fim, o deputado parabenizou os profissionais da educação pelo Dia do Professor, comemorado na última terça-feira (15). “Temos que incentivar o trabalho do professor, como também melhorar os seus salários, pois são eles que incentivam nossas crianças e jovens a serem profissionais competentes e essenciais para nossa sociedade”, finalizou

Texto: Mônica Donato
 

Vazamento de óleo no Lago Paranoá

 
O deputado federal Vitor Paulo (PRB) demonstrou preocupação com o vazamento de óleo que apareceu no Lago Paranoá e solicitou atenção especial ao caso, bem como, a união de esforços para conter o problema. “Nós não podemos deixar de apurar e acompanhar esse caso. O Lago Paranoá é de suma importância para a população do Distrito Federal”, defendeu.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, uma força-tarefa trabalha para conter e retirar uma mancha descoberta nessa quinta-feira (17) com uma extensão três quilômetros no Lago Paranoá. Segundo o CBMDF, a substância poluente que ainda não foi identificada começou a ser despejada no lago na tarde de quarta. O foco do vazamento foi localizado perto de uma galeria pluvial. Os bombeiros colocaram três barreiras de 15 metros na saída da galeria fluvial, feitas de material para reter produto químico.

Lago
O Lago Paranoá é um lago artificial de Brasília, no Distrito Federal. Foi criado com a construção da cidade, durante o governo de Juscelino Kubitschek, com o objetivo de aumentar a umidade em suas proximidades.

O lago é formado pelas águas represadas do riberão Paranoá, e tem 40 km² de extensão, profundidade máxima de 48 m e cerca de 80 km de perímetro, com algumas praias artificiais, como a "Prainha" e o "Piscinão do Lago Norte". Ao redor do lago há vários bares e restaurantes, e nele encontra-se a barragem do Paranoá, que produz energia hidrelétrica. Lago Sul e Lago Norte, duas das regiões administrativas do Distrito Federal, derivam seus nomes do lago.
 
Texto: Laize Andrade com informações do Correio Braziliense.

Ineficiência dos planos de saúde


O deputado republicano Vitor Paulo criticou a ineficiência dos planos de saúde, em pronunciamento na Tribuna da Câmara nessa sexta-feira (18/10). “O consumidor paga muito caro pelos serviços de plano de saúde e não tem uma contrapartida de qualidade. As reclamações são as mais diversas: cirurgias negadas, exames e consultas que não são marcadas, prontoS-socorros lotados e demora no atendimento”, destacou.

O parlamentar apresentou dados de uma pesquisa publicada recentemente que mostra que 79% dos usuários de planos de saúde enfrentam problemas com o serviço. O mais grave, na avaliação do deputado é a dificuldade das pessoas com mais de 60 anos contratar um plano de saúde. “Infelizmente, os idosos são tratados com descaso pelas operadoras de planos de saúde. Entre as perguntas, já padronizadas, a idade não escapa. E, ao falar a idade, as respostas são sempre as mesmas: “nosso plano somente atende até 59 anos” ou então “está suspenso esse tipo de serviço” ou “ligue para nossa central”. Isso é um absurdo”, alerta o deputado.

Agência Nacional de Saúde Suplementar prevê multa de R$ 50 mil reais para os planos de saúde que não aceitarem os idosos. “É preciso que os usuários registrem as suas reclamações. Somente assim a fiscalização vai funcionar para valer”, disse.

Vitor Paulo anunciou que vai propor à Câmara que realize audiência pública para debater a funcionalidade dos planos de saúde, em especial, o tratamento que os idosos têm recebido. “Precisamos apurar a fundo o que os planos de saúde estão fazendo com as pessoas mais velhas. Temos o papel de fiscalizar, e essas seguradoras precisam prestar contas ao cidadão que paga tão caro por este serviço e às autoridades sobre o seu funcionamento”, acrescentou.
 
Texto: Laize Andrade
Foto: Douglas Gomes

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Recursos para São Pedro da Aldeia

 

 
O deputado republicano Vitor Paulo (PRB) esteve em São Pedro da Aldeia/RJ, na última segunda-feira (14), para entregar ao prefeito Claudio Chumbinho ofício listando recursos na ordem de R$ 1 milhão para obras de infraestrutura na Orla Praia Linda. O montante faz parte das emendas individuais do parlamentar ao Orçamento-Geral da União de 2013.

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Outubro Rosa - Contra o Câncer de Mama


O deputado republicano Vitor Paulo destacou a importância da campanha Outubro Rosa, bem como, do diagnóstico precoce para o combate do câncer de ma-ma. "Rosa não é apenas a cor, é um alerta; um aler-ta a todas as mulheres para que possam se prevenir, fazer a sua mamografia, para que possam ter uma vida mais saudável, combatendo o câncer de mama", alertou.

O nome Outubro Rosa remete à cor do laço que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e instituições públicas. O movimento come-çou na década de 90 nos Estados Unidos, onde vários estados tinham ações isola-das de realização de mamografia e de detecção do câncer de mama no mês de outubro.

O Outubro Rosa chegou ao Brasil em 2008 por iniciativa da Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (Femama).

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Não à violência contra idosos

Plenário da Câmara dos Deputados se transforma em Comissão Geral para debater o tema          
 
  
“O respeito aos idosos não tem sido oferecido pelos governos, pelos Estados e pelas famílias”, criticou o deputado republicano Vitor Paulo, presidente da Frente Parlamentar em Apoio ao Idoso e autor do requerimento para realização da Comissão. O evento realizado nesta quarta-feira (02) contou com a presença da ministra da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Maria do Rosário, do secretário do Idoso do DF, Ricardo Quirino, e do autor do Estatuto do Idoso (Lei 10.741/03), senador Paulo Paim e de vários deputados.

Vitor Paulo cobrou a adoção de políticas públicas para erradicar a violência contra os idosos. “Na semana em que se comemoram os 10 anos do Estatuto do Idoso, infelizmente, 80% do que está escrito não tem sido aplicado no Brasil. É uma pena, o que está escrito faria do Brasil um dos países mais avançados do mundo em políticas públicas para a segurança da pessoa idosa”, disse o parlamentar.
Na avaliação da ministra Maria do Rosário, a iniciativa do deputado Vitor Paulo reafirma o compromisso ético entre as gerações. “A superação da violência contra o idoso deve estar ao lado de ações de desenvolvimento econômico do país como, por exemplo, a inclusão social e a superação da miséria extrema. Hoje, nós temos que lamentavelmente admitir que cresce o número de casos desse tipo de violência no país. Nós estamos falando de vidas que merecem ser dignificadas”, ressaltou a ministra.
 
A juíza de Direito do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), Gabriela Jardon, falou sobre a Central Judicial do Idoso. “Esse projeto é administrado no seu dia a dia por três instituições: o Tribunal de Justiça do DF, o Ministério Público do DF e a Defensoria Pública do DF. Temos núcleos de acolhimento que são feitos por dois profissionais, no mínimo, um com formação jurídica, outro com formação em psicologia ou assistência social, que vai escutar essa queixa desse idoso ou de sua família”, informou. A defensora pública, Paula Regina de Oliveira, acrescentou que desse projeto foi possível traçar um mapa da violência contra o idoso no DF que está servindo para evitar reincidências e novas agressões.

O secretário do Idoso do Distrito Federal, Ricardo Quirino, lamentou que grande parte da violência contra os idosos é praticada no âmbito familiar. “Infelizmente, o conceito de família está falido, diante do que acontece com os idosos dentro de casa. É necessário preparar as famílias, quebrar paradigmas de preconceito contra os mais idosos e promover junto às escolas à valorização da pessoa idosa”, finalizou.


Texto: Laize de Andrade e Mônica Donato 
Fotos: Douglas Gomes