terça-feira, 3 de junho de 2014

Bancada do PRB prestigia lançamento do livro de Marcos Pereira em Brasília



Parlamentares republicanos participaram da sessão de autógrafos do livro “O USO DA INFORMAÇÃO COMO NOTÍCIA DO CRIME AMBIENTAL”, de autoria do advogado e presidente nacional do PRB, Marcos Pereira. O evento realizado ontem (2) na sede do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) reuniu acadêmicos de Direito, lideranças políticas, cinco ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ), deputados federais e o ministro da Pesca, Eduardo Lopes.

Na avaliação do líder republicano, deputado George Hilton (PRB/MG), com a publicação do livro, Marcos Pereira demonstra sua capacidade de compreender e entender o Brasil, como um grande jurista e também agente político. “A obra é oportuna e trata de um tema que vem sendo discutido por diversos fóruns permanentes mundo afora. Os crimes ambientais ocorrem, muitas vezes, dentro de uma névoa que não deixa rastros nem provas. A imprensa deve ser considerada uma porta-voz nessa luta pela preservação ambiental”, afirmou.

Para o deputado Antonio Bulhões (PRB/SP), Marcos Pereira possui qualidades que o credenciam para escrever a obra. “É a pessoa que mais tem propriedade para fazer a abordagem sobre o assunto, pois reúne conhecimento profundo sobre a mídia e o Direito Penal. A obra traz essa correlação com o Direito Ambiental. Esse tripé irá ajudar a elucidar os crimes ambientais com mais destreza”, avalia Bulhões.

Segundo o deputado Vitor Paulo, jornalista por profissão, a função dos meios de comunicação se divide em noticiar os fatos e colaborar com a justiça sobre os crimes, como no caso dos danos à natureza. “Quando você respeita o limite, naturalmente ganham o meio ambiente e a sociedade”, avalia.

Já o deputado Cleber Verde (MA) ressaltou a iniciativa de Marcos Pereira como válida e inovadora. “O presidente do PRB demonstra que, além de conduzir muito bem o partido, está antenado com os temas fundamentais para o Brasil. É uma obra para ser lida por alunos, professores, juristas e, sobretudo, por nós parlamentares”, disse.

Beto Mansur ressaltou a história de vida do presidente. “Marcos Pereira é uma dessas pessoas que nasce para ajudar a mudar o destino das coisas e das pessoas, sempre para o bem. Ele é um craque”, destacou.

No prefácio do livro, o ministro do Supremo Tribunal Federal e ex-presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Marco Aurélio Mello, afirma que “o autor oferece aos leitores obra primorosa, cuidadosamente elaborada, reveladora de esmero peculiar. A proposta, certamente, servirá, além de fonte doutrinária relevante, de justificativa para ações práticas voltadas à persecução alusiva a crimes ambientais. Alcançará duplo sucesso: teórico e prático, como só acontece com grandes estudiosos”.


Por Mônica Donato
Fotos: Douglas Gomes

 

segunda-feira, 2 de junho de 2014

Júlio César recebe título de cidadão brasiliense

 
A Câmara Legislativa do Distrito Federal – CLDF, concedeu o Título de Cidadão Honorário de Brasília ao ex-secretário de Esporte do DF, Júlio César. A sessão solene aconteceu por meio do Decreto Legislativo nº 250/12, do deputado distrital Evandro Garla, do PRB, em reconhecimento à atuação de Júlio César pelo fomento do esporte em suas diversas modalidades na Capital Federal. Autoridades, lideranças comunitárias, esportistas e apoiadores lotaram o Plenário da Casa.

“Esse título reflete o trabalho que foi desenvolvido pela Secretaria em prol do povo e do esporte brasiliense. Me sinto honrado em ter se tornado um filho legítimo dessa cidade que adotei como minha casa”, disse Júlio César ao agradecer o reconhecimento de todos pelo seu trabalho.

O ingresso do republicano Júlio Cesar na vida pública foi lembrado pelo deputado Evandro Garla. “Júlio foi convidado pelo Partido Republicano Brasileiro para assumir a Secretaria de Esporte do DF, com um único objetivo: contribuir para que Brasília se tornasse referência da prática esportiva”, ponderou. Garla refrisou que Júlio César muito contribuiu para a história e crescimento do esporte. “Júlio conseguiu mudar o rumo do esporte em nossa capital. A Secretaria que antes era conhecida como de Esporte, hoje é uma pasta modelo e reconhecida por todos como a ‘Secretaria dos Esportes’”, completou.

Representando a Bancada do PRB na Câmara dos Deputados, o republicano Vitor Paulo destacou o legado deixado por Júlio César quando Secretário de Estado sendo este, reescritor da história do esporte no DF. “Júlio César revolucionou o esporte em nossa capital. Hoje, a população de Brasília conta com 11 Centros Olímpicos que atendem mensalmente mais de 40 mil pessoas, com atividades de inclusão social para crianças, jovens, adultos e idosos. Além disso, Júlio conseguiu que Brasília se tornasse referência e entrasse definitivamente para o calendário dos grandes eventos esportivos mundiais, com a realização do Gymnasiade. A Lei Bolsa Atleta Paraolímpica e a Lei Complementar ao Fundo de Apoio ao Esporte também são outros destaques, dentre outras ações”, disse.

Homenageado
Júlio César, nasceu em 1975, em São Bernardo do Campo, São Paulo. Filho único de uma família simples, começou a trabalhar aos 14 anos de idade como office boy em uma empresa de contabilidade para ajudar sua família. Aos 19 anos, casou-se com Sônia Ribeiro. Formou-se em Direito pela Universidade Ibirapuera de São Paulo. Entre os anos de 1998 e 2006, foi Diretor Executivo de várias empresas de telecomunicações. A partir de 2006, atuou como empresário nas áreas de Segurança e Comunicação, até ser convidado para assumir a Secretaria de Esporte do GDF.

Por Laize Andrade e Geysa Albuquerque