Biografia


Vitor Paulo nasceu no dia 22 de novembro, em Niterói, município do estado do Rio de Janeiro. Criado pela avó materna, aos 10 anos começou a trabalhar na feira livre para ajudar no sustento de casa. Casado com Mônica Santos há 30 anos é pai de três filhos. 

Radialista, jornalista político pela Universidade Gama Filho (UGF), e pós-graduado em Linguística pela Universidade de Brasília (UNB), ingressou na vida pública em março de 1995, na Presidência da Agência Pública de Emprego do Rio de Janeiro – SINE/RJ.

De 1996 a 2000, foi Diretor Executivo de uma Empresa de Telecomunicações.

No ano de 2002, assumiu o cargo de secretário de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Distrito Federal, presidindo, então, o Conselho do Meio Ambiente do Distrito Federal (CONAM/DF).

Em 2003, coordenou a elaboração do programa de criação do Partido Municipalista Renovador (PMN), assumindo, por indicação do Diretório Nacional, a Presidência da Legenda. Em 25 de agosto de 2005, por unanimidade, o registro do Partido foi deferido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A legenda evoluiu para um novo paradigma político, com ênfase nos princípios republicanos. Como fundador do Partido, em outubro de 2005, por sugestão do ex-vice-presidente José Alencar (1931-2011), alterou a denominação do Partido e respectiva sigla para Partido Republicano Brasileiro (PRB), obtendo aprovação unânime.

De 2005 a 2008, presidiu a Associação Brasileira de Radiodifusão, Tecnologia e Telecomunicações (ABRATEL).

No ano de 2006, foi reeleito Presidente Nacional do Partido Republicano Brasileiro.

Vitor Paulo teve atuação importante também nas articulações para manter o ex-vice-presidente José Alencar (1931-2011) como o candidato do PRB na chapa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2006.

Fundou a Fundação Republicana Brasileira em 2007, sendo presidente da instituição até 2011.

No mesmo ano, passou a integrar o Conselho Político da Presidência da República, posição que ocuparia por três anos.

Em 2008, representou o Brasil como Observador Eleitoral Internacional (CPLP – Comunidade dos Países de Língua Portuguesa) participando das eleições legislativas de Angola.

Em 2010, foi eleito Deputado Federal, conquistou a quarta posição dentre os mais votados do estado do Rio de Janeiro, com 157.580 votos.

Em 2011, assume a liderança do PRB na Câmara dos Deputados. 

Levantamento feito pela revista Veja apontou o parlamentar em 2012, como o terceiro representante da Câmara dos Deputados que mais trabalhou por um país mais moderno, justo e competitivo.

Em 2014, disputa a reeleição para Deputado Federal pelo Distrito Federal, assumindo em 2018. No mesmo ano foi eleito coordenador da bancada do DF no Congresso Nacional. Sua atuação parlamentar foi pautada em favor da justiça social e defesa da pessoa idoso.

Em 2019, Vitor Paulo aceita o convite do governador do Distrito Federal para assumir a Secretaria de Estado de Relações Institucionais (SERINS), que tem por objetivo fazer a interlocução do Governo do DF com os demais Poderes. Além da relação com entes da Federação e a responsabilidade de se relacionar com a sociedade civil, entidades sindicais, categorias profissionais, movimentos sociais e terceiro setor.


Na Câmara Federal foi eleito:
2011 - Titular da Comissão de Medidas Preventivas contra Catástrofes;
2011 - Presidente da Frente Parlamentar do Idoso;
2011 - Titular da Comissão da Reforma Política;
2011 - Titular da Comissão Externa do Legado a ser deixado pela Copa do Mundo em 2014;
2011/2012 - Líder na Câmara do Partido Republicano Brasileiro - PRB;
2011/2012 - Suplente da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania;
2011/2012 - Presidente da Comissão de Legislação Participativa;
2011/2013 - Vice-Presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional;
2018 - Coordenador da bancada do Distrito Federal no Congresso Nacional;
2018 - Vice-líder do PRB na Câmara;
2018 - Titular da Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa.


Medalhas/Títulos/Honrarias:
2009 - Medalha de Mérito Pedro Ernesto, Câmara Municipal do Rio de Janeiro/RJ;
2009 - Medalha do Mérito Lopes Trovão, Câmara Municipal de Angra Dos Reis/RJ,
2009 - Medalha Mérito Legislativo, Câmara dos Deputados, Brasília/DF;
2009 - Medalha Tiradentes, ALERJ/RJ;
2009 - Título de Cidadão Teresopolitano, Câmara Municipal de Teresópolis/RJ;
2009 - Honraria de Ordem do Mérito Benta Pereira, Câmara Municipal de Campos dos Goytacazes/RJ;
2009 - Título Honorífico de Cidadania Campista, Câmara Municipal de Campos dos Goytacazes/RJ;
2009 - Diploma Cristo Redentor, ALERJ/RJ;
2009 - Comenda Vereador Otacílio Holanda, Câmara Municipal de Maceió/AL.
2010 - Insígnia da Ordem do Mérito Jus et Labor, Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região, Belém/PA;
2014 - Título de Cidadão Honorário de Brasília;
Medalha de Mérito Naval, Ministério da Marinha, Brasília/DF.